Sexta, 22 de Outubro de 2021
°

-

Cidades PATRIMÔNIO PÚBLICO

Vândalos agem em área da Infraero em Ponta Porã

Área está sendo cercada e postes de concreto foram quebrados

20/09/2021 às 14h06 Atualizada em 21/09/2021 às 08h11
Por: Redação
Compartilhe:
Postes de concreto foram arrancados e quebrados na área da Infraero
Postes de concreto foram arrancados e quebrados na área da Infraero

Vândalos agiram em área pertencente à Infraero (Empresa Brasileira de InfraEstrutura Aeroportuária), responsável pela administração do Aeroporto Internacional de Ponta Porã.

A área está localizada no bairro São Carlos, nas imediações do bairro Jardim das Rosas e vem sendo cercada pela estatal federal após décadas dessa área toda ser aberta. Ocorre que há cerca de dois meses o CONJECTURAS fez uma matéria sobre o lixão formado ao entorno da pista do Aeroporto Internacional.

Enquanto a prefeitura vinha limpando os fundos dessa via, vizinha ao bairro Ignês Andreazza e ao Jardim das Rosas vinha sendo formado um verdadeiro lixão, com acumulo de entulhos, todo tipo de lixo inclusive hospitalar, além de animais mortos frequentemente jogados nesse ponto.

Há cerca de 30 dias a Infraero iniciou os trabalhos através de empresa terceirizada para cercar toda a área.

Nesta segunda-feira, foi detectado pelos administradores do aeroporto de Ponta Porã que os postes de concreto deixados no local para realização dos trabalhos visando o fechamento de toda a área foram quebrados.

São dezenas de postes quebrados. A maioria já colocados e outros estavam ainda para serem fixados. Apenas uma parte da área, localizada na divisa com o bairro Ignês Andreazza foram instalados.

A administração da Infraero de Ponta Porã acionou a Polícia Civil e também a Polícia Federal, pois a área pertence ao Governo Federal.

O vandalismo tem como endereço o impedimento da área, que conforme informações apuradas, estaria na mira de invasores de terras.  

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias