Quinta, 26 de Maio de 2022
°

-

Cidades PEDRO JUAN

Prefeito de Pedro Juan é acusado de perseguição implacável a entidade que distribui óleo de cannabis

Associação é responsável pela distribuição de óleo de cannabis para fins medicinais

02/03/2022 às 07h32 Atualizada em 02/03/2022 às 20h56
Por: Redação Fonte: REDAÇÃO
Compartilhe:
Reunião realizada pela entidade, desencadeando a fúria do prefeito
Reunião realizada pela entidade, desencadeando a fúria do prefeito

A Associação Paraguaia de Apoio Cannabis Amambay está sendo implacavelmente perseguida pelo intendente (prefeito) de Pedro Juan Caballero, José Carlos Acevedo.

A denúncia também aponta para empresas do ramo farmacêutico que fazem pressão para acabar com a distribuição gratuita do óleo do cannabis para fins medicinais.

Advogado Sandro Sanchez fala emocionado sobre perseguição e suspensão temporária das atividades
Advogado Sandro Sanchez fala emocionado sobre
perseguição e suspensão temporária das atividades

 

 

A denúncia foi feita pelo presidente da entidade, advogado Sandro Sanchez em vídeo postado nas redes sociais onde faz um emocionado discurso dizendo da perseguição sofrida por ele, seus familiares e todos que estão trabalhando nesse projeto.

Recentemente,  a entidade fez um evento em frente a sede da Municipalidad (prefeitura) de Pedro Juan, e isso desencadeou a fúria do prefeito, conhecido pelo seu estilo "xerifão" de conduzir a gestão municipal.

 

Sandro Sanchez já havia alertado no fim do ano passado que haviam “forças ocultas” tentando desestabilizar o trabalho da entidade, fazendo ameaças e perseguindo a ele próprio.

Nesta terça-feira, 1º de março, o presidente da Associação Paraguaia de Apoio Cannabis – regional Amambay, divulgou o vídeo onde afirma que a entidade está temporariamente suspendendo o atendimento e distribuição do óleo produzido a partir do extrato do cannabis (maconha) por conta do acirramento da perseguição imposta pelo prefeito José Carlos Acevedo.

Ele informa que nesta terça-feira, 1º, agentes da Senad estiveram logo nas primeiras horas da manhã no escritório montado pela entidade, na linha internacional, apresentando-se como interessados na aquisição do óleo.

Após informar os critérios para tal, os agentes passaram a fazer ameaças, afirmando que caso a distribuição continuasse, tomariam medidas cabíveis com a apreensão do medicamento e a prisão dos responsáveis.

“Estamos encerrando temporariamente nossas atividades por conta dessa perseguição do intendente. Mas não vamos parar nosso trabalho”, diz Sandro Sanches no vídeo.

O intendente (prefeito) José Carlos Acevedo, de Pedro Juan Caballero
O intendente (prefeito) José Carlos Acevedo, de Pedro Juan Caballero

 

“Desde a fundação da associação começamos uma nova luta, de continuar salvando vidas! e desta vez precisamos da ajuda de todos vocês associados, familiares, colaboradores, todos que defendem a importância do acesso à Cannabis para quem precisar. A família da Apacam precisa se unir e lutar, vamos conseguir! Não vamos parar! Não vamos fechar! A APACAM vai continuar!”, afirma Sanchez, derramando lágrimas dos olhos.

Mais de 200 famílias estão cadastradas pela entidade e recebem de forma gratuita o óleo extraído do cannabis.

 

A APACAM é uma associação cannabica medicinal de Pedro Juan Caballero, que trabalha em prol dos  pacientes que precisam de tratamentos com derivados da cannabis.

“Com o valor arrecadado de forma voluntária iremos montar e equipar o nosso laboratório de extração de cannabis medicinal e assim continuar ajudando nossos associados  e suas famílias. A cannabis medicinal salva vidas e vocês podem nos ajudar a continuar nessa luta pela vida!”, pondera o presidente da entidade.

VENDA NO PARAGUAI

Desde 2017 os óleos de cannabis para uso terapêutico já estão disponíveis no Paraguai e sob receita controlada, um mês depois que o Ministério de Saúde Pública autorizou a importação através de um laboratório local.

Até o momento, somente uma farmácia de Assunção vende os medicamento feito à base de maconha, com aplicação para epilepsia refratária e dores oncológicas, disse Ávila.

O gerente acrescentou que o vidro de óleo de cannabis para epilepsia tem um preço de 1,8 milhão de guaranis (US$ 323) e as gotas oncológicas de 1,13 milhão (US$ 235), custos mais baratos para o usuário que nos Estados Unidos.

"O produto para a epilepsia nos Estados Unidos custa US$ 500, é um preço subsidiado que o Paraguai foi capaz de trazer para o laboratório em vez de procurar um lucro em outro ponto de vista social", apontou Ávila à "Rádio Nacional".

Ávila acrescentou que o Ministério é o encarregado de vigiar a importação e de comprovar as receitas médicas dos pacientes que se beneficiarão desse tratamento.

"Todos os médicos podem prescrever, sempre e quando estiverem registrados e com o receituário do Ministério de Saúde, com o objetivo de fazer um acompanhamento", disse.

Além disso, Ávila explicou que trata-se de um produto paliativo, no sentido de que ajuda aos outros medicamentos no tratamento da epilepsia e das dores oncológicas.

No final de maio, o ministro de Saúde Pública, Antonio Barrios, anunciou a importação do produto para permitir o acesso a uma "alternativa terapêutica que pretende diminuir o sofrimento de pacientes".

A iniciativa surgiu após o importante número de pedidos para a autorização dessa substância para diminuir a dor, entre eles os da Associação de Pais Cannabis Medicinal Paraguai (Camedpar).

Organizações como a Fundação Mamãe Cultiva o Paraguai também advogaram pela aprovação do cultivo de maconha no Paraguai com fins medicinais.

O Paraguai é o principal produtor de maconha da América do Sul e a compra e venda e produção desta planta é ilegal.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
- Atualizado às 20h00 - Fonte: ClimaTempo
°

Mín. ° Máx. °

Sex °C °C
Sáb °C °C
Dom °C °C
Seg °C °C
Ter °C °C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias